Então, eu assisti Malévola...(Spoilers)


   

Depois de algumas semanas após o lançamento, eu finalmente assisti o filme Malévola. Fui ao cinema com a Cecília e mais algumas amigas e confesso que gostei muito do filme. O filme se passa na história da Bela Adormecida mas com o foco não em Aurora, a mocinha da história, mas na vilã, Malévola. A história contada no filme é diferente da conhecida história da Bela Adormecida contada pela Disney, mostrando o lado bom de Malévola e mostrando o porquê de sua maldade. No filme, Malévola(Angelina Jolie) é uma fada protetora do reino dos Moors que acaba conhecendo um humano, Stefan(Sharlto Copley), que foi pego roubando em seu reino. Os dois acabam se tornando amigos e no aniversário de 16 anos de Malévola, Stefan lhe dá um beijo de amor verdadeiro. Com o passar dos anos, Stefan se torna cada vez mais ambicioso. Após uma batalha com os habitantes de Moors, o rei oferece a coroa a quem capturasse e matasse Malévola e Stefan, sem coragem de matar Malévola, rouba as suas asas e entrega ao rei como prova da suposta morte de Malévola, o que desperta a fúria e a maldade dentro dela. Com o passar do tempo, Stefan vira rei e tem uma filha, Aurora(Elle Fanning). Após Malévola lançar sua maldição na menina, que dizia que aos seus 16 anos ela espetaria de dedo em uma roca e entraria em um sono eterno e só poderia ser despertada por uma beijo de amor verdadeiro, Aurora é levada para uma pequena cabana na floresta e começa a viver sob os cuidados de três fadas. Malévola, que sempre observava a menina, percebeu que a ela morreria se continuasse sob os cuidados das fadas e passa 16 anos cuidando, de longe, da menina. O que me surpreendeu no filme foi o fato de o final não ser o típico final que eu estava esperando, o beijo de amor verdadeiro dado pelo príncipe que desperta Aurora de seu sono profundo. Há sim um beijo, mas não é dado pelo príncipe e eu recomendo que vejam o filme para descobrirem quem dá o beijo de amor verdadeiro à Princesa Aurora. :D :D

Nenhum comentário:

Postar um comentário