Filmes do final de semana: Musicais



Sim, esta (finalmente) na hora de pegar as cobertas ou ligar o ventilador, depende da onde você estiver e se ligar nos filmes do final de semana!

Dessa vez decidi escolher um tema totalmente diferente (em partes, obviamente): Musicais
Que pra mim foi bastante difícil escolher 2 filmes, por isso... Decidi escolher 5 pra servir para mais dias ;)

Burlesque: 


Vamos começar com o estilo cabaré da coisa Hahaha' 
Burlesque é um dos meus filmes favoritos de dança + musical. 

A história se passa em torno de Ali (Christina Aguilera) que deixou sua cidade para ter sucesso em Los Angeles. Ao chegar a cidade conhece a boate Burlesque, gerenciada por Tess (Cher). Ali querendo trabalhar como uma das dançarinas ela acaba fazendo de tudo para subir ao palco com a ajuda do balconista Jack. Assim então, Ali começa a decorar todas as coreografias e canções para assim que Tess abrir os testes Ali possa mostrar seu talento. 

Vou começar falando que: Tem a Cher e a Christina cantando. Como não poderia ser bom? Haha' Brincadeira, mas parando para pensar o filme ficou muito mais especial com elas duas, com certeza. A questão é que Burlesque poderia ter sido apenas um filme musical qualquer, porém acabou sendo um dessa lista.




Chicago:



Mais um "cabaré". Só que esse é totalmente diferente. Primeiro porque se passa em uma delegacia, segundo porque as principais são "criminosas", terceiro porque o central não está totalmente em uma boate de dança, que no caso seria o cabaré... Entre outros motivos fazem Chicago ser um filme que foge da normalidade.

Tudo começa quando Velma Kelly uma dançarina e principal da boate aonde trabalha mata seu marido e acaba virando presa e entra como lista de assassinas de Chicago, totalmente controlada por Billy Flynn um advogado que tenta se aproveitar da situação deixando até mesmo as criminosas famosas. Enquanto tudo isso acontece Roxie Hart mata seu "ficante" após uma briga. Entrando também nessa lista de assassinas de Chicago. Billy então adia o julgamento de Velma para poder ajudar Roxie a não ser considerada criminosa e não acabar na forca. Fazendo assim uma disputa para ver quem seria a maior celebridade desse meio. 

Pelo o que eu acabei de contar vocês já podem ter uma noção do quanto o filme é divertido e super diferente, não é mesmo? Por isso eu super recomendo.




Hairspray:


Saindo totalmente do lado cabaré entramos em outro tipo de musical. 

Como falar sobre Hairspray? Um filme que mesmo falando do preconceito, um assunto sério, eles conseguiram trazer um ar totalmente divertido pro filme. 

Assim como qualquer outra adolescente dos anos 60, Tracy Turnblad sonha em entrar no programa: The Corny Collins Show. Ao fazer o teste Tracy entra no programa e acaba despertando medo em Amber, por destruir o seu "reinado" e seu "poder" no programa. Tracy quer mudar totalmente a opinião das pessoas e o preconceito racial na televisão, pensando assim em acabar com isso tudo usando sua fama. 

Hairspray é um dos meus filmes favoritos desse estilo, porque retrata bastante os anos 60 e o preconceito de uma forma que não se torna tão forte, fazendo assim com que qualquer idade possa assistir o filme sem se preocupar com o que vai estar vendo, e também trás uma mensagem sobre o que se deve fazer caso aja algum problema desse estilo. 



Mamma Mia:



Em partes, culpa do meu pai Mamma Mia está aqui. Afinal, a trilha sonora é 100% ABBA, uma das bandas favoritas do meu pai. A primeira vez que assisti não aguentava mais escutar música, mas ainda não tem tanta música como Os Miseráveis. 

A história se passa em torno de Sophie que tenta descobrir quem é o seu pai. Assim então, pega o diário de sua mãe e acaba em dúvida de quem seria o seu pai. Como seu casamento está chegando, a mesma chama os três com o intuito de descobrir quem seria o seu pai antes do dia do casamento. 

Como disse, não tinha gostado do filme inicialmente, porém hoje em dia, amo e vejo o tempo inteiro. Já tinha decorado as músicas antes do filme, agora então...





Rock Of Ages:



Um dos meus filmes favoritos. Digo sem medo de me arrepender depois. Rock Of Ages é um filme super tranquilo se tratando do famoso lema do rock: sexo, drogas e rock n' roll!
A trilha sonora são os clássicos que com certeza você já ouviu pelo menos uma vez. Don't Stop Believin é a música que basicamente retrata o filme inteiro mesmo tendo tocado duas vezes durante duas horas e pouca de filme. 

A história é sobre Sherrie que sonha em se tonar uma cantora de sucesso e acaba indo para Los Angeles. Assim que chega é roubada e conhece Drew que a ajuda, e consegue um emprego de garçonete para a mesma. O "clube" aonde Sherrie e Drew trabalham está sofrendo problemas financeiros e para terem mais lucros eles conseguem o show de Stacee Jaxx (vale ressaltar que o ator é o Tom Cruise) que pretende seguir carreira solo. Todavia, a mulher do prefeito fará de tudo para fechar o Bourbon (o clube), já que a mesma considera uma perdição para os jovens.




Comecei com cabaré e terminei com puro rock. 5 grandes musicais que em partes marcaram sim a minha vida e eu espero que vocês vejam e gostem assim como eu gostei ;)






2 comentários:

  1. Amo musicais! Chicago então, nem se fale rsrs. Vou ver pelo menos uns dois que vc indicou. bjs!

    ResponderExcluir
  2. Como não amar Chicago? Haha
    Depois me fala qual você viu e se gostou :)) Bjss

    ResponderExcluir